Somos Todas Incríveis, Somos Todas Mulheres - Dia Internacional da Mulher!

Quem acompanha o Beauty sabe que às quartas-feiras sempre trazemos resenhas e muita opinião sincera sobre produtos, cosméticos, maquiagens e afins, mas hoje é um dia muito especial e que, portanto, merece um post exclusivo, merece ser lembrado, comemorado e muito aplaudido por todos nós.

Hoje é o Dia Internacional da Mulher. 

dia-mulher.jpg

Dia de comemorar nossa voz, nossos direitos, nossas lutas, nossas vitórias, nossas escolhas e muitas outras conquistas que cada vez mais alcançamos graças aos movimentos feministas espalhados pelo mundo todo.

Vamos continuar o papo que começamos na segunda-feira? Ainda não leu, então clique aqui.

Existem pessoas que ainda pensam que o feminismo representa o ódio contra os homens ou a superioridade do gênero feminino, mas na verdade não é nada disso. Existem diversos movimentos feministas, alguns mais agressivos, outros mais passivos, mas a base da ideologia feminista é a luta pela igualdade de direitos das mulheres, que ainda é muito violada pela nossa sociedade. 

Feminista: uma pessoa que acredita em direitos sociais, políticos e econômicos iguais para ambos os sexos. Se a Beyoncé está falando, quem sou eu pra desfalar né?

Feminista: uma pessoa que acredita em direitos sociais, políticos e econômicos iguais para ambos os sexos. Se a Beyoncé está falando, quem sou eu pra desfalar né?

É esse movimento que nos dá voz! É esse movimento que tira tantas mulheres da submissão desse mundo patriarcal. 

Esse movimento já revelou mulheres incríveis, ou será que foram essas mulheres incríveis que revelaram esse movimento maravilhoso? Eu não sei a resposta, mas sei que tem muita mulher admirável com biografias inacreditáveis que são símbolos da luta do nosso empoderamento.

Dê um play nesse vídeo abaixo e confira algumas dessas mulheres que fizeram história, que no vídeo são interpretadas por outras mulheres maravilhosas que estão fazendo história no Youtube e em nossas vidas, como a nossa querida Jout Jout que interpreta Pagu.

Ainda existem mulheres que negam o feminismo pois alegam que gostam das gentilezas que alguns homens praticam ou dos privilégios que o "sexo frágil" pode nos proporcionar, e que o feminismo destrói tudo isso!
Você tem todo o direito de escolher de que lado quer ficar, quem você quer que te represente, quem são suas inspirações, mas é preciso entender que as gentilezas do homem (e das mulheres) não são anuladas pelo empoderamento feminino, muito pelo contrário. Nenhum homem está sendo gentil quando se acha superior a uma mulher, quando acha que tem mais direito que uma mulher, quando entende que a opinião dele vale mais que a de uma mulher, quando se acha mais competente que uma mulher, quando entende que tem mais poder que uma mulher.
Isso não é gentileza, isso é machismo.

wink.gif

A gentileza vem da criação e do caráter daquela pessoa, além disso, gentil mesmo é o homem (e mulher também) que te enxerga exatamente como você é, que respeita os seus direitos, seus valores, sua força e ainda assim continua sendo gentil, porque não vê ameaça nenhuma em você ser uma mulher forte e empoderada!
Sabemos que alguns homens não gostam disso, se sentem menores, desvalorizados e só conseguem ser gentis quando a mulher se cala, quando concorda com ele, quando ela simplesmente não se manifesta, se anula e apenas sorri! Acreditem, eu mesmo conheço mulheres que vivem em relacionamentos abusivos dessa forma.

Não entendeu ainda essa coisa toda de empoderamento? Esse vídeo abaixo explica um pouquinho o quão importante é sermos todas empoderadas! Eu juro, não tem nada a ver com "ser melhor que homens". É pura e simplesmente o direito de ser igual perante a lei e a sociedade.

Ainda tem todo aquele papo de sororidade, mas muita gente, principalmente mulheres, ainda não conhecem e não sabem do que se trata a sororidade e o quanto ela é importante para nós mulheres. Escolhi um vídeo muito legal que explica e fala brevemente sobre sororidade, que é basicamente a gente se respeitar como mulheres, se proteger como mulheres e não entrar em nenhum tipo de competição de ego, não sair por aí atacando a autoestima de outras mulheres de forma gratuita, desconstruir o pensamento machista que nós mesmas temos sobre outras mulheres e seguir juntas na luta pelos nossos direitos. 

Ufaa, acho que falei bastante nos dois últimos posts sobre o que eu penso e como eu acredito no feminismo, né? Vale lembrar que a gente não precisa estar 100% de acordo com os movimentos feministas para entender o quão importante eles são para nós. Basta apenas refletir e apoiar as causas que você acredita, mas nunca, em hipótese alguma, invalidar a luta dessas mulheres que tanto nos ajudaram e ainda ajudam! 

wonderwoman.gif

Como eu prometi pra vocês, na sexta-feira vai ter resenha sim, mas continuaremos no tema MULHERES! Hummmm... o que será que vem por aí? My lipstick is my weapon é uma boa dica que eu posso dar à vocês!

Parabéns mulheres lindas, fortes, guerreiras, mães, filhas, esposas, irmãs, amigas, batalhadoras, lindas, empoderadas! Obrigada por tudo o que vocês são.

Beijos e até sexta-feira.

Compartilhe nas Redes Sociais