Shame On Me! Eu Assumo Mas...É Bizarro!

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Já que hoje é sexta-feira e na sexta a gente sempre dá uma relaxada, eu  resolvi fazer um post completamente diferente! 
Resolvi perder a vergonha e me expor no melhor estilo "vergonha alheia"! Sim, vim aqui contar coisas anormais que eu costumo gostar de fazer, principalmente quando não tem ninguém por perto! Se prepara, que vem muita insanidade por aí! Depois desse post vocês vão querer me internar, hahahahaha! 

Bom, já vou começar assumindo que eu adoro sentir alguns tipos de dores. Calma, eu não sou masoquista, são algumas dores bem específicas, por exemplo: eu adoro aftas! É muito gostosinho a dor da afta. Sempre que eu tenho, eu fico mordendo ela, por isso as minhas demoram pra sarar!
Outra dorzinha que eu adoro, e que também tem a ver com a boca, é quando eu machuco a gengiva. Sabe quando a gente está passando fio dental com pressa e o fio machuca um pouco a gengiva? Ou quando estamos mastigando alguma coisa mais dura e dói? Então, adorooooo! Existe outra dor que eu adoro sentir: sabe quando você tem um ataque nervoso e rói toda a unha? Mas rói mesmo, até chegar na carnezinha do dedo? Então, a ogrinha aqui adora ficar pressionando a pele contra a unha! Hahahaha, dói muito, mas é bom!  

Não me julguem, ok? Isso é só o começo... hahahahaha!

Outra coisa bem bizarra que eu gosto de fazer é descascar limão e comer como se fosse laranja ou outra fruta qualquer! De preferência sem aftas na boca, né. Hahahaha! Gente, eu adoro coisa azeda!
Limão é uma delícia, adoro também aquele temperinho da salada que fica no prato, sabe? Jogo arroz em cima e como tudinho! 
Amo todas as frutas ácidas, de preferência quando elas estão bem azedas. Limão, abacaxi, maracujá, tamarindo, carambola, hummm! Estou aqui até salivando!

Ainda na parte alimentar, todo mundo acha bizarro quando eu falo que odeio bacon! Tenho muito nojo de bacon gente! Não importa o jeito que ele é preparado, eu não como de jeito nenhum. Se por acaso vier, sem querer, um pedacinho na minha boca, eu preciso me levantar da mesa e ir tirar da boca, não desce por nada, juro!  
Ah, também não como chantilly, mas isso acho que é mais comum, né? Também não dou muita bola pra chocolate. Dificilmente você vai me ver comendo chocolate puro, ou coisas de chocolate, tipo mousse, sorvete, bolo! 

Odeio Bacon! É nojento!

Outra coisa bem constrangedora sobre mim, é que eu falo muito sozinha! FALO MUITO SOZINHA! Eu bato altos papos comigo mesma, é impressionante! Crio altos diálogos e situações na minha mente e coloco tudo pra fora, no carro, em casa e, principalmente no banheiro! Hahahahaha. Eu literalmente converso com portas, paredes, postes, animais, travesseiros, e por aí vai! Isso eu puxei da minha mãe, ela é bem doidinha igual eu, né mamis?

Além de falar, eu também canto muitoooo sozinha!

E por último, um fato que é até bem normal acontecer com as pessoas, mas comigo a frequência é tão alta que causa estranheza em muita gente, principalmente no meu marido (que é quem mora comigo): eu tomo susto com qualquer coisa! Sabe quando você se assusta com o vento? Juro, eu me assusto com os pelos do meu gato voando pela casa, e o pior é que geralmente o meu susto vem acompanhado de um belo berro! É tão bizarro que já aconteceu de eu me assustar com meu marido e ele se assustar com o meu grito e os dois começarem a rir igual bestas, hahahahaha!  

Bom, na verdade ainda tem muita coisa bizarra pra contar, mas já estou com "vergonha alheia" (de mim mesma). Estou até pensando em criar um canal no Youtube para explicar melhor essas bizarrices e poder contar outras tantas. Mas gente, calma, por mais impossível que possa parecer, eu sou socialmente normal, ok?

Bom final de semana, nos encontramos na segunda-feira! Beijos!

Compartilhe nas Redes Sociais