Link - O mascotinho is back!

Olá pessoal, tudo jóia?

Advinha quem vai estampar esse post de hoje? Sim, o nosso mascotinho - Link.

E ele resolveu aparecer logo na segunda feira para deixar a semana de vocês mais alegre e feliz, afinal, quem não fica feliz em ver essa carinha?

Link - O mascote - Foto por Bruno França e Nana Bastos

* ATENÇÃO- Nem todas as imagens deste post estão em alta definição, pois algumas são tiradas com celular, no momento em que flagramos o Link fazendo fofurices! Obrigada pela compreensão, hahahahahahaha!

Nesse calor todo que está fazendo, me corta o coração ver o Link passando tanto calor, deitado nos azulejos, sem energia, lambendo pedrinhas de gelo e totalmente low activity. O Link é super peludo, pois a raça dele (Ragdoll) é americana e por isso é uma raça que está mais adaptada com o frio que com o calor! Mesmo sabendo que os gatos adoram lugares quentinhos, sinto que ele está incomodado com esse calor todo.

Link  se refrescando no box do banheiro!

Por isso, eu e o marido estamos estudando a idéia de tosar ele! Nem que for uma tosa parcial, só a barriguinha. Eu amo os pêlos do Link, adoro gatos peludos, e a pelagem dos Ragdolls é ainda mais gostosa. São pêlos super macios, e os veterinários costumam chamar de pêlo de coelho. Por isso nossa resistência em tosar. Mas sentimos que pode ser melhor para ele, por isso vamos levá-lo ao veterinário e ver a opinião de um especialista, pois tosar gatos não é tão comum e nem tão simples como tosar cachorros!

Link dentro da sacola que eu carreguei um saco de gelo! 

Cachorros muito peludos também devem sofrer bastante, ainda mais raças como Chowchow, Husky Siberiano, São Bernardo e etc, que além de peludos também são raças mais adeptas ao frio. Eles ficam tão caidinhos, né? Uma coisa boa, é que pelo fato de cães e gatos terem uma temperatura corporal mais alta que a nossa (entre 38 e 39,2), eles sentem menos calor. Assim, em dias de calor normal (até 30 graus) eles nem sentem tanto, mas quando a temperatura passa dos 35, que é o que esta acontecendo aqui em São Paulo, acontece todo esse drama! Oh dó do meu filhote!

Para dormir, ele corre pro ar condicionado!

Além da tosa estamos pensando em fazer picolés naturais de frutas e sem açúcar para dar para ele, assim a gente ajuda a refrescar o pobrezinho. O Link adora banana.

Uma coisa que a gente já faz, é colocar pedrinha de gelo na água dele. Ele adora, não pode ouvir alguém abrir a porta do freezer que já sai correndo e começa a miar. É muita fofura.

Aqui em casa temos ar condicionado apenas no nosso quarto. Sinto que alivia ele um pouco, mas mesmo assim o Link gosta de passear pela casa, deitar na varanda e etc. Ele não gosta muito de ficar preso em um único lugar. 

Assim que eu conversar com o veterinário e resolver se vamos tosar ou não, eu volto aqui para dar um update para vocês!

Vocês já tiveram uma experiência como essa com gatos? Compartilhe com a gente aqui nos comentários!

Beijos e até quarta feira pessoal!

Compartilhe nas Redes Sociais