Bronzer e suas funções!

Já que na sexta passada eu falei sobre iluminadores, me sinto na obrigação de falar hoje sobre o “pseudo” oposto deste produto.

O Bronzer.

Vocês já usaram algum bronzer? Sabem qual a função dele?

Lembram que no post dos iluminadores eu expliquei sobre o jogo de luz e sombra? Que eu falei sobre como o iluminador pode realçar determinados pontos do rosto? Com o bronzer acontece a mesma coisa, porém ao invés de destacar, ele vai ajudar a diminuir ou esconder certas partes.

Olha a diva Gisele Bündchen, mostrando como brincar com jogo de luz e sombra no rosto, usando bronzer e iluminador:

Por exemplo, no meu caso que tenho o rosto redondo e tenho bochechas bem fofinhas (daquelas que as tias e avós adoram apertar, sabe?), eu aplico o bronzer abaixo das maçãs do rosto. Assim eu crio um vinco e uma sombra nessa região, e consigo um efeito que diminui visualmente essa parte do meu rosto, e consequentemente o rosto fica aparentemente mais fino.

Com ele também conseguimos diminuir visualmente a testa, aplicando um pouco de bronzer nas têmporas. Dá pra diminuir o tamanho do nariz, do queixo, e até da papada que a gente tanto odeia né? Assim como o iluminador, o bronzer é um produto super eclético e democrático. Dá para ser usado de várias formas, mas existe um regra bem importante (eu disse BEM IMPORTANTE)! Mão leve. Quando a gente começa a usar o bronzer, temos a mania de querer que o resultado pule na nossa cara, mas não pode ser assim. O contorno do rosto tem que ser a coisa mais leve e sutil de toda a produção. Ele tem que ser quase imperceptível, pois se ficar muito aparente, vai ficar muito artificial.

Preste atenção no seu tipo de rosto, para saber exatamente o que iluminar e o que esconder:

contorno rosto 1.jpg

O bronzer também pode ser um excelente substituto para o blush. Como ele geralmente tem um tom mais terroso e amarronzado, ele é ótimo para dar aquele ar do verão, de quem foi pra praia e curtiu o sol. Outro cuidado importante é: se for usar o bronzer, ou contorne o rosto com ele, ou o use como blush. Se usar o mesmo produto para as duas funções, você pode ficar com um aspecto de rosto manchado ou borrado. Se usar o bronzer para contornar, eu sugiro que use um tom rosado para o blush. Se usar o bronzer como blush, eu sugiro que ele seja levemente perolado para dar aquele charme nas maçãs do rosto.

Também é possível usar um blush mais escuro, com um tom marrom, para criar um efeito bronzeado no contorno do rosto. Eu por exemplo, uso muitas vezes o Harmony da M.A.C para contornar o rosto. Fica super suave e natural. Mas meu bronzer favorito do coração é o Laguna da Nars. Prometo em breve fazer uma resenha dele aqui para vocês!

Viu quanta coisa dá pra fazer com o bronzer? Tem bronzer que vira blush, tem blush que vira bronzer, tem bronzer para afinar o rosto, etc... Não precisa sair correndo para comprar mil e um produtos para cada função! É sempre bom quando a gente tem um produtinho “mil e uma utilidades”, né? Eu adoro!

Compartilhe nas Redes Sociais